calculo-do-consumo-de-combustível-de-veiculos

Saiba calcular o consumo de combustível do seu veículo sem atingir a autonomia do painel de combustível

A Mobili traz alguns pontos importantes para você aprender sobre até quando seu veículo consegue ir!

Vamos supor que você está em um tráfego intenso e com o veículo ligado, você sabe dizer o quanto seu motor estará gastando de combustível? Como é feito o cálculo do consumo de combustível de veículos? Bom, a gente te responde! Ele pode ficar sem combustível logo após dois ou três quilômetros rodados e esse número poderá subir gradativamente em até 10 vezes em uso rodoviário ou em baixa velocidade. Mas você sabe como calcular a quantidade de combustível necessário? Então deixa que a Mobili te explica. 

Cálculo do consumo de combustível de veículos

A autonomia do painel é calculada pela injeção eletrônica com base na quantidade ou necessidade de locomoção do condutor. Mas rodar com pouco combustível no veículo também aumenta a chance de sucção de detritos do tanque, além disso pode vir a ocorrer o risco de multa por pane seca. Já imaginou? 

A autonomia também é calculada pela injeção eletrônica de acordo com o estilo de condução do carro. Por exemplo, caso você ligue o ar-condicionado ou passe a acelerar de maneira constante em diversos momentos, ela é automaticamente reduzida. Por isso, e por questões de segurança, a central eletrônica sempre considera uma margem extra de armazenamento, mas o ideal é nunca ir além do que o painel está indicando. 

Economia em combustível

Agora, se você quer saber sobre como ajustar a autonomia do painel, se liga! A melhor maneira e mais comum é fazer o valor indicado aumentar colocando gasolina em grande ou média quantidade. Mas atenção! Não encha o tanque demais. Colocar mais combustível após o gatilho da bomba desarmar pode vir a danificar um dispositivo chamado “cânister”. Esse equipamento tem o objetivo de aproveitar os gases resultantes do combustível, levando-os para a câmera de combustão. Sendo assim, se o tanque estiver extremamente cheio, corre o risco do combustível passar para o cânister.

E caso a central eletrônica identifique que o seu veículo esteja consumindo pouco combustível, ela automaticamente irá reduzir a autonomia por algum tempo. Rodar com pouco combustível e abastecer sempre com pouca quantidade também pode vir a danificar o seu veículo. Quando o veículo é ligado, é direcionado o combustível para o motor e o excesso retorna ao tanque. Com pouco líquido a temperatura dele fica mais alta e não resfria a bomba.

Mas e se o combustível não voltar para o tanque? 

Agora, caso o combustível não voltar, o motor pode sugar resíduos indevidos e sujeiras, isso poderá colocar seu funcionamento em risco. Contudo, alguns modelos de veículo nunca alteram esse número positivamente. O número mostrado ficará “congelado” até que, baseado nos cálculos, o veículo atinja a autonomia indicada. 

Assim, estando atento(a) a autonomia do painel e a central eletrônica, seu tanque de combustível estará em boas condições para que seu veículo não te deixe, de surpresa, na mão, em situações diversas. Além disso, conte com a equipe Mobili e toda assistência oferecida para garantir comodidade e segurança em todos os momentos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *