Entenda a diferença entre consultor e vendedor

Porque ser um consultor e não um vendedor?

Cada vez mais é perceptível o poder de escolha das empresas em contratar um consultor a um vendedor. Apesar de obter objetivos semelhantes, ambos aplicam a funcionalidade de vendas de maneiras opostas. Para entender melhor sobre os dois conceitos, a Mobili te explica hoje a diferença entre consultor e vendedor. 

O que faz um vendedor.

O ponto inicial que evidencia a diferença entre os dois, se dá pela mudança de comportamento de clientes e consumidores. Demandas e necessidades foram, ao longo do tempo, deixando de serem generalizadas, para se tornarem especiais e específicas para cada indivíduo. 

Assim, se antes o vendedor precisava apenas de obter conhecimento ou ser capacitado diante ao que demonstrava o produto, agora é de extrema importância entender como esse serviço pode gerar valor e benefícios para o cliente. 

Atualmente é considerável estar atento a essa demanda, uma vez que, atualmente, temos um grande número de informações sobre o produto que pode chegar até o consumidor. Dessa forma, podemos enxergar a diferença entre consultor e vendedor aqui, uma vez que, o vendedor, ocasionalmente, precisa apenas se preocupar em vender o produto. 

Consultores.

Para os consultores, o processo de vendas é um pouco diferente. Neste caso, é perceptível a prioridade em vendas aplicadas. Por exemplo: Consultores especializados buscam, além de vender o produto, entender a real necessidade do consumidor. Isso é possível de acordo com o quanto esse consultor se interessa e busca conhecer sobre a  vida e demanda do cliente.  

Desse modo, um consultor consegue estabelecer uma relação de confiança de clientes e empresa através da comunicação e disponibilidade. Será o consultor que irá transmitir ao mercado a importância da empresa para os demais. 

Consultor e vendedor: Entenda a diferença.

Para um consultor, as principais características são: ser um ouvinte ativo, saber definir metas, aplicar o processo em pós vendas com os clientes e saber o poder da comunicação assertiva.  

Além disso, um bom consultor compreende a necessidade do cliente e gera soluções, buscando conhecer o produto, a concorrência, o mercado e a como agregar valor ao cliente, sempre sabendo lidar com as imposições do consumidor. 

Já um vendedor, atenta-se a bater metas de vendas em números, foca em conhecer apenas o seu produto e a concorrência, preocupa-se apenas com a venda momentânea, com a geração de lucro de cunho particular e demonstra os seus produtos e serviços. 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *