IPVA 2021

IPVA grátis: Saiba quem tem direito

O Imposto sobre a Propriedade de Veículos Automotores, o IPVA tem uma variação de 1% a 6% do valor da nota fiscal. No caso de carros zero ou do valor estabelecido pela tabela Fipe, para os carros usados, o imposto é cobrado de maneira proporcional, a cada ano.

Entretanto, há a possibilidade de alguns condutores ou proprietários ficarem isentos desse valor. A Mobili te explica aqui quem tem direito ao IPVA grátis em 2021. 

IPVA: Saiba como calcular o valor ideal

Para aprender mais sobre como calcular o valor ideal atribuído no IPVA do seu veículo, basta aplicar o tempo de acordo com janeiro a dezembro. O imposto será exercido com base em cada estado e dividido por 365 dias. 

Dessa forma, o cálculo seria o valor total do IPVA (estabelecido pelo estado) x dias restantes do ano (considerando a data da nota fiscal) / número de dias do ano. Entretanto, o condutor só paga o valor de acordo com os dias restantes do ano cobrado. 

Isenção do imposto para estados com veículos acima de 10 anos

Em 2021 a isenção do IPVA para veículos com mais de 10 anos de fabricação. Sendo assim, foi considerada válida para dois estados, sendo eles Roraima e Rio Grande do Norte. 

Para veículos acima de 15 anos, é válido para 15 estados, sendo eles: Amapá, Amazonas, Bahia, Ceará, Distrito Federal, Espírito Santo, Maranhão, Goiás, Pará, Paraíba, Piauí, Rio de Janeiro, Rondônia e Sergipe. 

Para veículos com 18 anos apenas o estado do Mato Grosso. Em Santa Catarina está isento o tributo para veículos fabricados até 1985. Para veículos com 20 anos ou mais, está nulo o IPVA para Alagoas, Acre, São Paulo, Paraná, Mato Grosso do Sul e Rio Grande do Sul.   

Qual a finalidade do imposto?

O IPVA surgiu para substituir a antiga Taxa Rodoviária Única (TRU) que era vinculada a gastos com o sistema de transportes. Diferente da TRU, o IPVA não é aplicado para melhoria de ruas e estradas. O valor é dividido entre o Estado, Município e Governo Federal, sendo aplicado conforme a necessidade. Seja em mobilidade, educação ou saúde.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *